Las Vegas, E.U.A.

Capital Mundial dos Casamentos vs Cidade do Pecado


Acolhedora Vegas
Casal fotografa-se em frente à famosa placa de boas-vindas de Las Vegas.
Cupido’s
Capela temática promove a realização de matrimónios rápidos.
Limo
Uma grande limusine passa pela Strip.
Jon Bon Jovi
Capela Graceland promove o facto de Jon Bon Jovi nela se ter casado.
Veneza, Nevada
Gondolas ancoradas no lago artificial do hotel-casino The Venezian, um dos que faz mais sucesso entre os casais de visita a Las Vegas.
Menu Matrimonial
Menu de casamentos da "Tunnel of Love" mais uma capela matrimonial da cidade
Capela de pedra
Uma de tantas capelas matrimoniais da Cidade do Pecado.
Paris, Nevada
Uma réplica da torre Eiffel reforça o carácter romântico da sempre oportunista Las Vegas.
Welcome To
Pormenor da famosa placa de sinalização de acolhimento à fabulosa Las Vegas, a capital mundial do jogo, conquistada ao deserto de Mojave.
Pay Me Tender
Sósia de Elvis ganha dinheiro a fotografar-se junto do seu Cadillac.
Casamentos de berma
Placa de beira de estrada anuncia a realização de casamentos
Limos
Limusinas alinhadas no parque de estacionamento de uma capela casamenteira.
Casamento de Fábula
Casal celebra matrimónio no glamoroso hotel Bellagio.
Little White Chapel
Uma capela convenientemente sinalizada quase à altura de uma palmeira à beira de uma estrada de Vegas
The Strip
Tráfego automóvel deixa rastos de luz coloridos ao longo da sempre movimentada Strip de Las Vegas.
A ganância do jogo, a luxúria da prostituição e a ostentação generalizada fazem parte de Las Vegas. Como as capelas que não têm olhos nem ouvidos e promovem matrimónios excêntricos, rápidos e baratos.

Nem sempre a fama faz jus à realidade. O letreiro no guiché promete casório instantâneo por pouco mais de 50 dólares. Intrigados pela suposta popularidade e facilidade do fenómeno, avançamos para o interior daquele drive-thru matrimonial e perguntamos o que nos ocorre perguntar, a começar por se fica mesmo tudo ali resolvido.

O preço confirma-se para a mais sóbria das cerimónias mas já o mesmo não se pode dizer da simplicidade do processo.

Dizem-nos que primeiro é necessário um certificado passado pelo Marriage License Bureau de Clark, o condado do estado do Nevada em que se situa Las Vegas. Quando investigamos o tal gabinete, descobrimos como é fácil qualquer entusiasmo romântico ser desfeito pela fria burocracia.

Casamentos de berma, Las Vegas, Estados Unidos

Placa de beira de estrada anuncia a realização de casamentos

O edifício do governo revela-se pré-fabricado, demasiado vulgar para poder ser definido em termos arquitectónicos. Há um batalhão de vagabundos nas redondezas e a fila que nos separa do atendimento aproxima-se da meia centena de metros, gradualmente aumentada por mexicanos e imigrantes com diferentes origens com pressa de se casarem para consumarem a sua legalização ou conquistar outros privilégios norte-americanos.

Faz calor e há muito por explorar em Las Vegas e no restante Nevada. Recusamo-nos a acreditar que as vedetas que ali dão o nó se submetam a tal castigo e decidimos que, naquelas condições, connosco também não contam. A fazer fé nos números, vamos ser uma excepção.

Little White Chapel, Las Vegas, Nevada, Estados Unidos

Uma capela convenientemente sinalizada quase à altura de uma palmeira à beira de uma estrada de Vegas

Todos os anos são emitidas para cima de dois milhões de licenças de casamento nos Estados Unidos. Mais de 110 mil – 5% são processadas por Clark e destinam-se a Las Vegas.

Nos últimos tempos, os números até desceram mas não se pode dizer que por escassez de oferta, muito menos por falta de imaginação dos incontáveis promotores.

Praticamente todos os hotéis e muitos dos restaurantes da cidade têm pequenos espaços que emulam capelas em que acolhem a cerimónia.

Cupido's

Capela temática promove a realização de matrimónios rápidos

Mas os casamentos podem ainda ter lugar nos campos de golfe locais, nas capelas mais ou menos convencionais do Wedding District, caso da Chapel of the Flowers e, em capelas gazebo, para motards, simplesmente drive thru ou as realmente versáteis que oferecem uma panóplia de possibilidades temáticas.

Quer casar-se na Ilha do Tesouro rodeado de piratas? Escolher a sua fábula preferida e tornar-se parte dela? Optar por trajes góticos em vez do clássico vestido branco? Quem sabe, casar rumo a galáxias distantes da nave Star Trek USS Enterprise?

A bordo de um helicóptero, balão e/ou com transmissão online? Tudo é possível. E só custa alguns dólares mais que os 50 base e o telefonema para marcação da data pretendida.

Elvis tornou-se ainda mais idolatrado graças às suas actuações regulares em Las Vegas. “Love Me Tender” era um dos temas que mais entoava e depois de Priscilla Anne Wagner ter cedido ao apelo, a união do casal também se realizou na Cidade do Pecado.

Graceland Chapel, Las Vegas, Estados Unidos

Capela Graceland promove o facto de Jon Bon Jovi nela se ter casado.

Hoje, passados 34 anos sobre a sua morte, The King continua a enriquecer o imaginário de Las Vegas e é visto, às vezes em simultâneo, em diferentes pontos da longa Strip ou nas capelas que oferecem casamentos ao seu estilo como a Wee Kirk o’the Heather ou a bem mais luxuosa do hotel Hilton.

Num de tantos dias por Vegas, resolvemos verificar o início oficial da Strip e paramos junto à popular placa de “Welcome to Las Vegas”.

Acabamos por dar com um imitador profissional de Elvis que cobra um mínimo de 10 dólares para se deixar fotografar junto ao seu Cadillac cor-de-rosa e com um casal recém-casado que fez questão que a sua sessão fotográfica por ali passasse.

Sósia de Elvis, Las Vegas, Nevada, Estados Unidos

Sósia de Elvis ganha dinheiro a fotografar-se junto do seu Cadillac.

Nessa altura, foram os últimos de tantos outros a ceder à tentação menos pecaminosa de Las Vegas, parte de uma lista que conta com vários milhões de esponsais e com inúmeras personalidades do showbizz e do desporto.

Além de Elvis e Priscilla, casaram em Vegas Frank Sinatra e Mia Farrow, Angelina Jolie e Billy Bob Thornton, Cindy Crawford e Richard Gere, Carmen Electra e o exuberante Dennis Rodman.

Também Axl Rose dos Guns’n’Roses e outro ídolo do basquete Michael Jordan – com as respectivas esposas, não um com o outro.

E, para abreviar, André Agassi e Steffi Graff que, caso o desejassem, podiam ter tido a sua cerimónia num campos de ténis. Todos eles se uniram em Vegas com mais ou menos aparato e mediatismo, apesar da famosa máxima “What Happens in Vegas, Stays in Vegas”.

Acolhedora Vegas

Casal fotografa-se em frente à famosa placa de boas-vindas de Las Vegas.

Algumas estrelas tornaram-se fãs incorrigíveis da experiência e repetiram-na sem mostrar qualquer tédio. O actor Mickey Rooney, por exemplo, casou-se pela primeira vez, em Las Vegas, com Ava Gardner, em 1942 e voltou seis vezes à cidade para desposar outras mulheres.

A sua persistência inspirou a Wikipedia a criar uma complexa tabela que distribui os descendentes por cada união.

The Strip, Las Vegas, Nevada, Estados Unidos

Tráfego automóvel deixa rastos de luz coloridos ao longo da sempre movimentada Strip de Las Vegas.

Mas a cidade do pecado é tão especialista em patrocinar uniões como em desfazê-las. Ao longo da Strip, um exército de mexicanos com visuais indigentes batem pequenas cartas umas nas outras com as duas mãos e anunciam a alta voz: “Girls, girls, girls! Cheap girls!.

O gesto, repetido vezes sem conta, produz um tek-tek característico identificável à distância. E ao seu ritmo, o chão em redor fica repleto dessas cartas, rejeitadas pelos transeuntes já cansados da oferta ou, logo à partida, sem qualquer interesse.

Reparamos que as raparigas e os seus serviços são oferecidos não só a homens de todas as idades como a casais, a mulheres e até a crianças. Os poucos dólares ganhos pelos mexicanos pela sua distribuição não parecem pagar o bom senso ou o pudor, muito menos a selectividade.

Justificam apenas a missão prioritária de se desfazerem das pequenas peças o mais depressa possível.

Limusine, Las Vegas, Nevada, Estados Unidos

Uma limusine passa pela Strip.

Como nas velhas povoações da febre do ouro norte-americano, também aqui o dinheiro abunda e a prostituição floresce. E quando não se trata do adultério ou de sexo pago, o vício do jogo e a ruína a que leva justifica, só por si, o colapso abrupto de milhares de relações e famílias.

Noivos, Bellagio, Las Vegas-Nevada, Estados Unidos

Casal celebra matrimónio no glamoroso hotel Bellagio.

A Las Vegas tanto faz desde que o lucro não pare de aumentar. Se os casamentos se consumam em três tempos e por valores simbólicos, os divórcios da cidade não ficam muito atrás.

Um a três dias são suficientes para o juiz definir a partilha das crianças, dos bens e das dívidas. “The Show Must Go On” e, em Las Vegas, há sempre uma segunda oportunidade.

Key West, E.U.A.

O Faroeste Tropical dos E.U.A.

Chegamos ao fim da Overseas Highway e ao derradeiro reduto das propagadas Florida Keys. Os Estados Unidos continentais entregam-se, aqui, a uma deslumbrante vastidão marinha esmeralda-turquesa. E a um devaneio meridional alentado por uma espécie de feitiço caribenho.
Las Vegas, E.U.A.

Onde o Pecado tem Sempre Perdão

Projectada do Deserto Mojave como uma miragem de néon, a capital norte-americana do jogo e do espectáculo é vivida como uma aposta no escuro. Exuberante e viciante, Vegas nem aprende nem se arrepende.
Vale da Morte, E.U.A.

O Ressuscitar do Lugar Mais Quente

Desde 1921 que Al Aziziyah, na Líbia, era considerado o lugar mais quente do Planeta. Mas a polémica em redor dos 58º ali medidos fez com que, 99 anos depois, o título fosse devolvido ao Vale da Morte.
Jaffa, Israel

Onde Assenta a Telavive Sempre em Festa

Telavive é famosa pela noite mais intensa do Médio Oriente. Mas, se os seus jovens se divertem até à exaustão nas discotecas à beira Mediterrâneo, é cada vez mais na vizinha Old Jaffa que dão o nó.
Las Vegas, E.U.A.

O Berço da Cidade do Pecado

Nem sempre a famosa Strip concentrou a atenção de Las Vegas. Muitos dos seus hotéis e casinos replicaram o glamour de néon da rua que antes mais se destacava, a Fremont Street.
Tóquio, Japão

Um Santuário Casamenteiro

O templo Meiji de Tóquio foi erguido para honrar os espíritos deificados de um dos casais mais influentes da história do Japão. Com o passar do tempo, especializou-se em celebrar bodas tradicionais.
Elafonisi, Creta, Grécia
Praia
Chania a Elafonisi, Creta, Grécia

Ida à Praia à Moda de Creta

À descoberta do ocidente cretense, deixamos Chania, percorremos a garganta de Topolia e desfiladeiros menos marcados. Alguns quilómetros depois, chegamos a um recanto mediterrânico de aguarela e de sonho, o da ilha de Elafonisi e sua lagoa.
Picos florestados, Huang Shan, China, Anhui, Montanha Amarela dos Picos Flutuantes
Parques nacionais
Huang Shan, China

Huang Shan: as Montanhas Amarelas dos Picos Flutuantes

Os picos graníticos das montanhas amarelas e flutuantes de Huang Shan, de que brotam pinheiros acrobatas, surgem em ilustrações artísticas da China sem conta. O cenário real, além de remoto, permanece mais de 200 dias escondido acima das nuvens.
Templo Nigatsu, Nara, Japão
Kikuno
Nara, Japão

Budismo vs Modernismo: a Face Dupla de Nara

No século VIII d.C. Nara foi a capital nipónica. Durante 74 anos desse período, os imperadores ergueram templos e santuários em honra do Budismo, a religião recém-chegada do outro lado do Mar do Japão. Hoje, só esses mesmos monumentos, a espiritualidade secular e os parques repletos de veados protegem a cidade do inexorável cerco da urbanidade.
Pela sombra
Arquitectura & Design
Miami, E.U.A.

Uma Obra-Prima da Reabilitação Urbana

Na viragem para o século XXI, o bairro Wynwood mantinha-se repleto de fábricas e armazéns abandonados e grafitados. Tony Goldman, um investidor imobiliário astuto, comprou mais de 25 propriedades e fundou um parque mural. Muito mais que ali homenagear o grafiti, Goldman fundou o grande bastião da criatividade de Miami.
Barcos sobre o gelo, ilha de Hailuoto, Finlândia
Aventura
Hailuoto, Finlândia

Um Refúgio no Golfo de Bótnia

Durante o Inverno, a ilha de Hailuoto está ligada à restante Finlândia pela maior estrada de gelo do país. A maior parte dos seus 986 habitantes estima, acima de tudo, o distanciamento que a ilha lhes concede.
Bertie em calhambeque, Napier, Nova Zelândia
Cerimónias e Festividades
Napier, Nova Zelândia

De Volta aos Anos Trinta

Devastada por um sismo, Napier foi reconstruida num Art Deco quase térreo e vive a fazer de conta que parou nos Anos Trinta. Os seus visitantes rendem-se à atmosfera Great Gatsby que a cidade encena.
Basmati Bismi
Cidades

Singapura

A Capital Asiática da Comida

Eram 4 as etnias condóminas de Singapura, cada qual com a sua tradição culinária. Adicionou-se a influência de milhares de imigrados e expatriados numa ilha com metade da área de Londres. Apurou-se a nação com a maior diversidade e qualidade de víveres do Oriente. 

Comida
Comida do Mundo

Gastronomia Sem Fronteiras nem Preconceitos

Cada povo, suas receitas e iguarias. Em certos casos, as mesmas que deliciam nações inteiras repugnam muitas outras. Para quem viaja pelo mundo, o ingrediente mais importante é uma mente bem aberta.
Tempo de surf
Cultura

Ilha do Norte, Nova Zelândia

A Caminho da Maoridade

A Nova Zelândia é um dos países em que descendentes de colonos e nativos mais se respeitam. Ao explorarmos a sua lha do Norte, inteirámo-nos do amadurecimento interétnico desta nação tão da Commonwealth como maori e polinésia. 

Fogo artifício de 4 de Julho-Seward, Alasca, Estados Unidos
Desporto
Seward, Alasca

O 4 de Julho Mais Longo

A independência dos Estados Unidos é festejada, em Seward, Alasca, de forma modesta. Mesmo assim, o 4 de Julho e a sua celebração parecem não ter fim.
Espera sem fim
Em Viagem
Jet Lag (Parte 1)

Evite a Turbulência do Pós-voo

Quando voamos através de mais que 3 fusos horários, o relógio interno que regula o nosso organismo confunde-se. O máximo que podemos fazer é aliviar o mal-estar que sentimos até se voltar a acertar.
Telhados cinza
Étnico

Lijiang, China

Uma Cidade Cinzenta mas Pouco

Visto ao longe, o seu casario vasto é lúgubre mas as calçadas e canais seculares de Lijiang revelam-se mais folclóricos que nunca. Em tempos, esta cidade resplandeceu como a capital grandiosa do povo Naxi. Hoje, tomam-na de assalto enchentes de visitantes chineses que disputam o quase parque temático em que se tornou.

arco-íris no Grand Canyon, um exemplo de luz fotográfica prodigiosa
Fotografia
Luz Natural (Parte 1)

E Fez-se Luz na Terra. Saiba usá-la.

O tema da luz na fotografia é inesgotável. Neste artigo, transmitimos-lhe algumas noções basilares sobre o seu comportamento, para começar, apenas e só face à geolocalização, a altura do dia e do ano.
aggie grey, Samoa, pacífico do Sul, Marlon Brando Fale
História
Apia, Samoa Ocidental

A Anfitriã do Pacífico do Sul

Vendeu burgers aos GI’s na 2ª Guerra Mundial e abriu um hotel que recebeu Marlon Brando e Gary Cooper. Aggie Grey faleceu em 1988 mas o seu legado de acolhimento perdura no Pacífico do Sul.
Espargos, ilha do Sal, Cabo Verde
Ilhas
Ilha do Sal, Cabo Verde

O Sal da Ilha do Sal

Na iminência do século XIX, Sal mantinha-se carente de água potável e praticamente inabitada. Até que a extracção e exportação do sal lá abundante incentivou uma progressiva povoação. Hoje, o sal e as salinas dão outro sabor à ilha mais visitada de Cabo Verde.
Maksim, povo Sami, Inari, Finlandia-2
Inverno Branco
Inari, Finlândia

Os Guardiães da Europa Boreal

Há muito discriminado pelos colonos escandinavos, finlandeses e russos, o povo Sami recupera a sua autonomia e orgulha-se da sua nacionalidade.
Visitantes da casa de Ernest Hemingway, Key West, Florida, Estados Unidos
Literatura
Key West, Estados Unidos

O Recreio Caribenho de Hemingway

Efusivo como sempre, Ernest Hemingway qualificou Key West como “o melhor lugar em que tinha estado...”. Nos fundos tropicais dos E.U.A. contíguos, encontrou evasão e diversão tresloucada e alcoolizada. E a inspiração para escrever com intensidade a condizer.
Ilha de São Miguel, Acores Deslumbrantes por Natureza
Natureza
São Miguel, Açores

Ilha de São Miguel: Açores Deslumbrantes, Por Natureza

Uma biosfera imaculada que as entranhas da Terra moldam e amornam exibe-se, em São Miguel, em formato panorâmico. São Miguel é a maior das ilhas portuguesas. E é uma obra de arte da Natureza e do Homem no meio do Atlântico Norte plantada.
Aposentos dourados
Outono

Sheki, Azerbaijão

Outono no Cáucaso

Perdida entre as montanhas nevadas que separam a Europa da Ásia, Sheki é uma das povoações mais emblemáticas do Azerbaijão. A sua história em grande parte sedosa inclui períodos de grande aspereza. Quando a visitámos, tons pastéis de Outono davam mais cor a uma peculiar vida pós-soviética e muçulmana.

Parques Naturais
Miranda, Brasil

Maria dos Jacarés: o Pantanal abriga criaturas assim

Eurides Fátima de Barros nasceu no interior da região de Miranda. Há 38 anos, instalou-se e a um pequeno negócio à beira da BR262 que atravessa o Pantanal e ganhou afinidade com os jacarés que viviam à sua porta. Desgostosa por, em tempos, as criaturas ali serem abatidas, passou a tomar conta delas. Hoje conhecida por Maria dos Jacarés, deu nome de jogador ou treinador de futebol a cada um dos bichos. Também garante que reconhecem os seus chamamentos.
Barco e timoneiro, Cayo Los Pájaros, Los Haitises, República Dominicana
Património Mundial UNESCO
Península de Samaná, PN Los Haitises, República Dominicana

Da Península de Samaná aos Haitises Dominicanos

No recanto nordeste da República Dominicana, onde a natureza caribenha ainda triunfa, enfrentamos um Atlântico bem mais vigoroso que o esperado nestas paragens. Lá cavalgamos em regime comunitário até à famosa cascata Limón, cruzamos a baía de Samaná e nos embrenhamos na “terra das montanhas” remota e exuberante que a encerra.
Em quimono de elevador, Osaka, Japão
Personagens
Osaka, Japão

Na Companhia de Mayu

A noite japonesa é um negócio bilionário e multifacetado. Em Osaka, acolhe-nos uma anfitriã de couchsurfing enigmática, algures entre a gueixa e a acompanhante de luxo.
Vista da Casa Iguana, Corn islands, puro caribe, nicaragua
Praias
Corn Islands-Ilhas do Milho, Nicarágua

Puro Caribe

Cenários tropicais perfeitos e a vida genuína dos habitantes são os únicos luxos disponíveis nas também chamadas Corn Islands ou Ilhas do Milho, um arquipélago perdido nos confins centro-americanos do Mar das Caraíbas.
Kremlin de Rostov Veliky, Rússia
Religião
Rostov Veliky, Rússia

Sob as Cúpulas da Alma Russa

É uma das mais antigas e importantes cidades medievais, fundada durante as origens ainda pagãs da nação dos czares. No fim do século XV, incorporada no Grande Ducado de Moscovo, tornou-se um centro imponente da religiosidade ortodoxa. Hoje, só o esplendor do kremlin moscovita suplanta o da cidadela da tranquila e pitoresca Rostov Veliky.
white pass yukon train, Skagway, Rota do ouro, Alasca, EUA
Sobre carris
Skagway, Alasca

Uma Variante da Febre do Ouro do Klondike

A última grande febre do ouro norte-americana passou há muito. Hoje em dia, centenas de cruzeiros despejam, todos os Verões, milhares de visitantes endinheirados nas ruas repletas de lojas de Skagway.
Sociedade
Militares

Defensores das Suas Pátrias

Mesmo em tempos de paz, detectamos militares por todo o lado. A postos, nas cidades, cumprem missões rotineiras que requerem rigor e paciência.
manada, febre aftosa, carne fraca, colonia pellegrini, argentina
Vida Quotidiana
Colónia Pellegrini, Argentina

Quando a Carne é Fraca

É conhecido o sabor inconfundível da carne argentina. Mas esta riqueza é mais vulnerável do que se imagina. A ameaça da febre aftosa, em particular, mantém as autoridades e os produtores sobre brasas.
Crocodilos, Queensland Tropical Australia Selvagem
Vida Selvagem
Cairns a Cape Tribulation, Austrália

Queensland Tropical: uma Austrália Demasiado Selvagem

Os ciclones e as inundações são só a expressão meteorológica da rudeza tropical de Queensland. Quando não é o tempo, é a fauna mortal da região que mantém os seus habitantes sob alerta.
Bungee jumping, Queenstown, Nova Zelândia
Voos Panorâmicos
Queenstown, Nova Zelândia

Queenstown, a Rainha dos Desportos Radicais

No séc. XVIII, o governo kiwi proclamou uma vila mineira da ilha do Sul "fit for a Queen". Hoje, os cenários e as actividades radicais reforçam o estatuto majestoso da sempre desafiante Queenstown.