NaPali Coast, Havai

As Rugas Deslumbrantes do Havai


Vale de Kalalau
Um dos cenários emblemáticos da Napali Coast.
Voo raso
Helicóptero voa ao longo de um desfiladeiro do Waymea Canyon.
Erosão intensa
Arestas afiadas e verdejantes da encosta íngreme da Napali Coast.
A Ilha Jardim do Havai
Uma vista aérea de um dos extremos da Napali Coast revela porque Kauai é considerada a mais verdejante das ilhas havaianas.
Vertente multicolor de Kauai
Secção mais colorida da Napali Coast, junto ao Waymea Canyon.
Água Precipitada
Queda d' água longa precipita-se numa extremidade do Waymea Canyon.
Desfiladeiros encharcados
Meandros luxuriantes para o interior das encostas norte de Kauai.
Rumo ao Pacífico
Riacho percorre um vértice verdejante das montanhas da Napali Coast.
Praia da ilha Jardim
Areal no prolongamento de um recanto meio selvagem meio rural do norte de Kauai.
Grande Waymea Canyon
Panorâmica do amplo Waymea Canyon, bastante mais seco que a Napali Coast que retém a maior parte da humidade vinda do Pacífico.
Verde-água
Uma de muitas quedas d'água que irrigam a Napali Coast.
Camisa havaiana, cenário havaiano
Visitante admira a imensidão escavada do Waymea Canyon.
Suave Declive
Prado verdejante numa encosta suave no interior da Napali Coast
Moradas de sonho
Litoral humanizado da costa norte de Kauai.
Pasto havaiano
Vacas pastam num prado verdejante do norte de Kauai.
Kauai é a ilha mais verde e chuvosa do arquipélago havaiano. Também é a mais antiga. Enquanto exploramos a sua Napalo Coast por terra, mar e ar, espantamo-nos ao vermos como a passagem dos milénios só a favoreceu.

Não existe em Kauai, um fenómeno urbano que se assemelhe, nem de leve, ao da capital havaiana Honolulu.

A atmosfera desta ilha anciã é bucólica e os seus habitantes distribuem-se por povoações pacatas com menos de 10.000 habitantes. São todos moradores de domicílios antigos ou com aspecto histórico, por lei, sempre mais baixos que um coqueiro.

Escolhemos Lihue, a principal e maior das povoações, como base para exploração. Damos entrada num motel-restaurante simpático, explorado por uma família nipónico-havaiana extensa que durante a hora de almoço serve comida tradicional polinésia. Mudam a decoração por completo para os jantares, refeição em que o restaurante se transforma num verdadeiro japonês.

Do lado oposto da rua, várias casas ostentam cartazes políticos que aconselham Carvalho para Mayor.

Os 13.000 emigrantes portugueses depressa se multiplicaram. formaram uma comunidade actual com mais de 60.000 luso-descendentes. Entre tantos e há tanto tempo radicados, vários entraram na esfera política havaiana com grande aceitação.

O Esplendor Geológico de Kauai, a Ilha Mais Verde do Havai

Em Kauai, o segredo do sucesso é, aliás, simples. Por norma, basta conceder aos forasteiros as melhores condições para se encantarem com os panoramas da ilha e gastar com honestidade e eficiência os dinheiros que estes ali deixam, como aqueles os que o governo federal concede.

Ao contrário do que se passa em Oahu, a ilha havaiana do encontro e a mais cosmopolita do Havai, as grandes atracções de Kauai são 100% naturais.

Costa urbanizada, Napali Coast e Waimea Canyon, Kauai, Rugas do Havai

Litoral humanizado da costa norte de Kauai, visto do ar.

Atravessamos a ilha de leste a oeste para chegarmos à primeira, o canyon furtivo de Waimea, um cenário dramático comparável ao Grand Canyon norte-americano em termos de formas, texturas e tons.

Canyon de Waimea. Grand Canyon à Moda do Havai

Waimea esconde-se nas profundezas da ilha. É alcançável pelas estradas Koke’e e Waimea Canyon Drive que o cruzam até atingir o seu limite ocidental. Foi escavado ao longo das eras pela lenta passagem do rio homónimo e seus afluentes. Mas também pela actividade sísmica e vulcânica, da mesma maneira que o congénere gigantesco do Arizona.

Se é verdade que a dimensão do canyon de Waimea fica muito aquém da do modelo continental, já a configuração impressionante dos desfiladeiros e da sua paleta de cores quase se confundem.

Waimea Canyon, Kauai, Rugas do Havai

Panorâmica do amplo Waymea Canyon, bastante mais seco que a Napali Coast que retém a maior parte da humidade vinda do Pacífico.

Espantamo-nos com as subtis variações de tons de cada vez que o caminho nos leva a novo ponto de observação e revela diferentes perspectivas e, à medida que as nuvens e a chuva se dissipam, distintas luminosidades.

Por fim, a Koke’e Road chega ao seu término e às imediações da entrada do Parque Estadual Napali Coast.

A Visão Inverosímil da Crista de Kalalau

Deixa-nos abismados de frente para Kalalau, um vale recortado e exuberante, só acessível pelo seu sopé contíguo ao oceano Pacífico ou por um trilho exigente de tal forma concorrido que as autoridades têm que controlar, dia após dia, a quantidade de caminhantes que o percorrem.

Napali Coast e Waimea Canyon, Kauai, Rugas do Havai

Um dos cenários emblemáticos da Napali Coast.

Até ao século XX, muitos havaianos nativos viveram neste cenário luxuriante e colorido em que plantavam taro em socalcos conquistados à vegetação. Nos dias que correm, o estatuto do parque proíbe toda e qualquer edificação.

Vista no mapa, a Napali Coast surge apenas uns quilómetros para norte do canyon de Waimea. A ausência de estrada a ligar as duas seria, por si só, um bom motivo para a explorarmos apenas no dia seguinte.

Sulcos, Napali Coast e Waimea Canyon, Kauai, Rugas do Havai

Arestas afiadas e verdejantes da encosta íngreme da Napali Coast, perspectiva de helicóptero, do ar

Tínhamos, no entanto, outra razão incontornável. Íamos fazê-lo a partir do ar.

Um Voo Panorâmico Tão Excêntrico como Kauai

Regressamos a Lihue, a meio da tarde, apenas com tempo para nos metermos num helicóptero panorâmico. Kurt, um funcionário meio desvairado que faz questão de nos tratar e aos restantes clientes por “kids”, conduz-nos entre o escritório da empresa e o aeroporto da cidade.

Por sua vez, Michael, o piloto, assegura aos passageiros que vão embarcar numa das experiências mais solenes das suas vidas. Logo, tira os sapatos para o lado dos pedais e faz o helicóptero elevar-se para o céu.

Num ápice, deixamos para trás Lihue e a civilização. Regressamos ao canyon de Waimea que, visto do ar, se prova  fascinante a dobrar.

Voo de heli, Napali Coast e Waimea Canyon, Kauai, Rugas do Havai

Helicóptero voa ao longo de um desfiladeiro do Waymea Canyon.

Michael aumenta o volume da 5ª Sinfonia de Beethoven que escolhera como banda sonora para o voo. Faz a aeronave penetrar num manto de nuvens retidas contra a montanha. À saída da névoa, o piloto acentua a pompa da locução e anuncia o ponto alto do percurso, a Napali Coast.

A Napali Coast e o Norte (ainda mais) Exuberante de Kauai, vistos do Ar

Perante nós, desvenda-se o oceano Pacífico e toda a costa noroeste de Kauai, esculpida pela chuva intensa e pelo vento que desde sempre castigam as montanhas vulcânicas.

Mais que se aproximar, o piloto prenda e assusta os passageiros com incursões fílmicas em desfiladeiros e vales profundos. Acompanha longas quedas de água e penhascos cobertos de musgos e vegetação verdejante que contrastam com os vermelhos e castanhos das paredes rochosas a que se agarram.

Grande queda de água, Napali Coast e Waimea Canyon, Kauai, Rugas do Havai

Uma de muitas quedas d’água que irrigam a Napali Coast, vista do ar.

Acima, impera o cume fulcral do monte Wai’ale’ale (1570 m) que retêm a humidade proveniente do Pacífico do Norte e é um dos pontos mais encharcados do planeta com uma média anual de pluviosidade superior a 1160mm.

Nada se ouve a bordo além da música clássica e o seguimento da locução do piloto. Michael disserta acerca da antiguidade geológica do lugar. Aproveita para enumerar alguns dos seus mais recentes prodígios na 7ª arte.

Napali Coast e Waimea Canyon, Kauai, Rugas do Havai

Secção mais colorida da Napali Coast, junto ao Waymea Canyon.

Sublime como poucas, Kauai e, em particular, a Napali Coast abismam quem quer que as descubram. Na lista contam-se inúmeros realizadores e produtores de Hollywood.

Os seus cenários foram usados em mega-sucessos como “Parque Jurássico”, “King Kong” o musical “Ao Sul do Pacífico”, “Salteadores da Arca Perdida”, a série televisiva “Ilha da Fantasia” e “Feitiço Havaiano” que lançou Elvis Presley para um prolífico estrelato, entre outros.

Aérea de Napali Coast e Waimea Canyon, Kauai, Rugas do Havai

Uma vista aérea de um dos extremos da Napali Coast revela porque Kauai é considerada a mais verdejante das ilhas havaianas.

Esta presença regular nos ecrãs constitui há muito a prova mais mediática de como o tempo só favoreceu Kauai.

Key West, E.U.A.

O Faroeste Tropical dos E.U.A.

Chegamos ao fim da Overseas Highway e ao derradeiro reduto das propagadas Florida Keys. Os Estados Unidos continentais entregam-se, aqui, a uma deslumbrante vastidão marinha esmeralda-turquesa. E a um devaneio meridional alentado por uma espécie de feitiço caribenho.
Maui, Havai

Divino Havai

Maui é um antigo chefe e herói do imaginário religioso e tradicional havaiano. Na mitologia deste arquipélago, o semi-deus laça o sol, levanta o céu e leva a cabo uma série de outras proezas em favor dos humanos. A ilha sua homónima, que os nativos creem ter criado no Pacífico do Norte, é ela própria prodigiosa.
Big Island, Havai

Grande Ilha do Havai: À Procura de Rios de Lava

São cinco os vulcões que fazem da ilha grande Havai aumentar de dia para dia. O Kilauea, o mais activo à face da Terra, liberta lava em permanência. Apesar disso, vivemos uma espécie de epopeia para a vislumbrar.
Mauna Kea, Havai

Mauna Kea: um Vulcão de Olho no Espaço

O tecto do Havai era interdito aos nativos por abrigar divindades benevolentes. Mas, a partir de 1968 várias nações sacrificaram a paz dos deuses e ergueram a maior estação astronómica à face da Terra
Pearl Harbor, Havai

O Dia em que o Japão foi Longe Demais

Em 7 de Dezembro de 1941, o Japão atacou a base militar de Pearl Harbor. Hoje, partes do Havai parecem colónias nipónicas mas os EUA nunca esquecerão a afronta.
Waikiki, OahuHavai

A Invasão Nipónica do Havai

Décadas após o ataque a Pearl Harbor e da capitulação na 2ª Guerra Mundial, os japoneses voltaram ao Havai armados com milhões de dólares. Waikiki, o seu alvo predilecto, faz questão de se render.
Rinoceronte, PN Kaziranga, Assam, Índia
Safari
PN Kaziranga, Índia

O Baluarte dos Monocerontes Indianos

Situado no estado de Assam, a sul do grande rio Bramaputra, o PN Kaziranga ocupa uma vasta área de pântano aluvial. Lá se concentram dois terços dos rhinocerus unicornis do mundo, entre em redor de 100 tigres, 1200 elefantes e muitos outros animais. Pressionado pela proximidade humana e pela inevitável caça furtiva, este parque precioso só não se tem conseguido proteger das cheias hiperbólicas das monções e de algumas polémicas.
Jovens percorrem a rua principal de Chame, Nepal
Annapurna (circuito)
Circuito Annapurna: 1º - Pokhara a Chame, Nepal

Por Fim, a Caminho

Depois de vários dias de preparação em Pokhara, partimos em direcção aos Himalaias. O percurso pedestre só o começamos em Chame, a 2670 metros de altitude, com os picos nevados da cordilheira Annapurna já à vista. Até lá, completamos um doloroso mas necessário preâmbulo rodoviário pela sua base subtropical.
Visitantes nas ruínas de Talisay, ilha de Negros, Filipinas
Arquitectura & Design
Talisay City, Filipinas

Monumento a um Amor Luso-Filipino

No final do século XIX, Mariano Lacson, um fazendeiro filipino e Maria Braga, uma portuguesa de Macau, apaixonaram-se e casaram. Durante a gravidez do que seria o seu 11º filho, Maria sucumbiu a uma queda. Destroçado, Mariano ergueu uma mansão em sua honra. Em plena 2ª Guerra Mundial, a mansão foi incendiada mas as ruínas elegantes que resistiram eternizam a sua trágica relação.
Totems, aldeia de Botko, Malekula,Vanuatu
Aventura
Malekula, Vanuatu

Canibalismo de Carne e Osso

Até ao início do século XX, os comedores de homens ainda se banqueteavam no arquipélago de Vanuatu. Na aldeia de Botko descobrimos porque os colonizadores europeus tanto receavam a ilha de Malekula.
Via Crucis de Boac, Festival de Moriones, Marinduque, Filipinas
Cerimónias e Festividades
Marinduque, Filipinas

Quando os Romanos Invadem as Filipinas

Nem o Império do Oriente chegou tão longe. Na Semana Santa, milhares de centuriões apoderam-se de Marinduque. Ali, se reencenam os últimos dias de Longinus, um legionário convertido ao Cristianismo.
Casamentos em Jaffa, Israel,
Cidades
Jaffa, Israel

Onde Assenta a Telavive Sempre em Festa

Telavive é famosa pela noite mais intensa do Médio Oriente. Mas, se os seus jovens se divertem até à exaustão nas discotecas à beira Mediterrâneo, é cada vez mais na vizinha Old Jaffa que dão o nó.
Comida
Comida do Mundo

Gastronomia Sem Fronteiras nem Preconceitos

Cada povo, suas receitas e iguarias. Em certos casos, as mesmas que deliciam nações inteiras repugnam muitas outras. Para quem viaja pelo mundo, o ingrediente mais importante é uma mente bem aberta.
Verificação da correspondência
Cultura
Rovaniemi, Finlândia

Da Lapónia Finlandesa ao Árctico, Visita à Terra do Pai Natal

Fartos de esperar pela descida do velhote de barbas pela chaminé, invertemos a história. Aproveitamos uma viagem à Lapónia Finlandesa e passamos pelo seu furtivo lar.
Fogo artifício de 4 de Julho-Seward, Alasca, Estados Unidos
Desporto
Seward, Alasca

O 4 de Julho Mais Longo

A independência dos Estados Unidos é festejada, em Seward, Alasca, de forma modesta. Mesmo assim, o 4 de Julho e a sua celebração parecem não ter fim.
Creel, Chihuahua, Carlos Venzor, coleccionador, museu
Em Viagem
Chihuahua a Creel, Chihuahua, México

A Caminho de Creel

Com Chihuahua para trás, apontamos a sudoeste e a terras ainda mais elevadas do norte mexicano. Junto a Ciudad Cuauhtémoc, visitamos um ancião menonita. Em redor de Creel, convivemos, pela primeira vez, com a comunidade indígena Rarámuri da Serra de Tarahumara.
Mulheres com cabelos longos de Huang Luo, Guangxi, China
Étnico
Longsheng, China

Huang Luo: a Aldeia Chinesa dos Cabelos mais Longos

Numa região multiétnica coberta de arrozais socalcados, as mulheres de Huang Luo renderam-se a uma mesma obsessão capilar. Deixam crescer os cabelos mais longos do mundo, anos a fio, até um comprimento médio de 170 a 200 cm. Por estranho que pareça, para os manterem belos e lustrosos, usam apenas água e arrôz.
Portfólio Fotográfico Got2Globe
Portfólio Got2Globe

A Vida Lá Fora

Celebração Nahuatl
História

Cidade do México, México

Alma Mexicana

Com mais de 20 milhões de habitantes numa vasta área metropolitana, esta megalópole marca, a partir do seu cerne de zócalo, o pulsar espiritual de uma nação desde sempre vulnerável e dramática.

Caldeirão da Ilha do Corvo, Açores,
Ilhas
Corvo, Açores

O Abrigo Atlântico Inverosímil da Ilha do Corvo

17 km2 de vulcão afundado numa caldeira verdejante. Uma povoação solitária assente numa fajã. Quatrocentas e trinta almas aconchegadas pela pequenez da sua terra e pelo vislumbre da vizinha Flores. Bem-vindo à mais destemida das ilhas açorianas.
Era Susi rebocado por cão, Oulanka, Finlandia
Inverno Branco
PN Oulanka, Finlândia

Um Lobo Pouco Solitário

Jukka “Era-Susi” Nordman criou uma das maiores matilhas de cães de trenó do mundo. Tornou-se numa das personagens mais emblemáticas da Finlândia mas continua fiel ao seu cognome: Wilderness Wolf.
José Saramago em Lanzarote, Canárias, Espanha, Glorieta de Saramago
Literatura
Lanzarote, Canárias, Espanha

A Jangada de Basalto de José Saramago

Em 1993, frustrado pela desconsideração do governo português da sua obra “O Evangelho Segundo Jesus Cristo”, Saramago mudou-se com a esposa Pilar del Río para Lanzarote. De regresso a esta ilha canária algo extraterrestre, reencontramos o seu lar. E o refúgio da censura a que o escritor se viu votado.
Salto Angel, Rio que cai do ceu, Angel Falls, PN Canaima, Venezuela
Natureza
PN Canaima, Venezuela

Kerepakupai, Salto Angel: O Rio Que Cai do Céu

Em 1937, Jimmy Angel aterrou uma avioneta sobre uma meseta perdida na selva venezuelana. O aventureiro americano não encontrou ouro mas conquistou o baptismo da queda d'água mais longa à face da Terra
Sheki, Outono no Cáucaso, Azerbaijão, Lares de Outono
Outono
Sheki, Azerbaijão

Outono no Cáucaso

Perdida entre as montanhas nevadas que separam a Europa da Ásia, Sheki é uma das povoações mais emblemáticas do Azerbaijão. A sua história em grande parte sedosa inclui períodos de grande aspereza. Quando a visitámos, tons pastéis de Outono davam mais cor a uma peculiar vida pós-soviética e muçulmana.
Macaco-uivador, PN Tortuguero, Costa Rica
Parques Naturais
PN Tortuguero, Costa Rica

Tortuguero: da Selva Inundada ao Mar das Caraíbas

Após dois dias de impasse devido a chuva torrencial, saímos à descoberta do Parque Nacional Tortuguero. Canal após canal, deslumbramo-nos com a riqueza natural e exuberância deste ecossistema flúviomarinho da Costa Rica.
Catedral São Paulo, Vigan, Asia Hispanica, Filipinas
Património Mundial UNESCO
Vigan, Filipinas

Vigan, a Mais Hispânica das Ásias

Os colonos espanhóis partiram mas as suas mansões estão intactas e as kalesas circulam. Quando Oliver Stone buscava cenários mexicanos para "Nascido a 4 de Julho" encontrou-os nesta ciudad fernandina
Monumento do Heroes Acre, Zimbabwe
Personagens
Harare, Zimbabwe

O Último Estertor do Surreal Mugabué

Em 2015, a primeira-dama do Zimbabué Grace Mugabe afirmou que o presidente, então com 91 anos, governaria até aos 100, numa cadeira-de-rodas especial. Pouco depois, começou a insinuar-se à sua sucessão. Mas, nos últimos dias, os generais precipitaram, por fim, a remoção de Robert Mugabe que substituiram pelo antigo vice-presidente Emmerson Mnangagwa.
Montezuma e Malpaís, melhores praias da Costa Rica, Catarata
Praias
Montezuma, Costa Rica

De Volta aos Braços Tropicais de Montezuma

Passaram 18 anos desde que nos deslumbrámos com este que é um dos litorais abençoados da Costa Rica. Há apenas dois meses, reencontrámo-lo. Tão aconchegante como o  tínhamos conhecido.
Estante Sagrada
Religião
Tsfat (Safed), Israel

Quando a Cabala é Vítima de Si Mesma

Nos anos 50, Tsfat congregava a vida artística da jovem nação israelita e recuperava a sua mística secular. Mas convertidos famosos como Madonna vieram perturbar a mais elementar discrição cabalista.
Comboio do Fim do Mundo, Terra do Fogo, Argentina
Sobre Carris
Ushuaia, Argentina

Ultima Estação: Fim do Mundo

Até 1947, o Tren del Fin del Mundo fez incontáveis viagens para que os condenados do presídio de Ushuaia cortassem lenha. Hoje, os passageiros são outros mas nenhuma outra composição passa mais a Sul.
Ponte u bein, Amarapura, Myanmar
Sociedade
Ponte u-BeinMyanmar

O Crepúsculo da Ponte da Vida

Com 1.2 km, a ponte de madeira mais antiga e mais longa do mundo permite aos birmaneses de Amarapura viver o lago Taungthaman. Mas 160 anos após a sua construção, U Bein está no seu crepúsculo.
Vendedores de fruta, Enxame, Moçambique
Vida Quotidiana
Enxame, Moçambique

Área de Serviço à Moda Moçambicana

Repete-se em quase todas as paragens em povoações de Moçambique dignas de aparecer nos mapas. O machimbombo (autocarro) detém-se e é cercado por uma multidão de empresários ansiosos. Os produtos oferecidos podem ser universais como água ou bolachas ou típicos da zona. Nesta região a uns quilómetros de Nampula, as vendas de fruta eram sucediam-se, sempre bastante intensas.
Pesca, Caño Negro, Costa Rica
Vida Selvagem
Caño Negro, Costa Rica

Uma Vida à Pesca entre a Vida Selvagem

Uma das zonas húmidas mais importantes da Costa Rica e do Mundo, Caño Negro deslumbra pelo seu ecossistema exuberante. Não só. Remota, isolada por rios, pântanos e estradas sofríveis, os seus habitantes encontraram na pesca um meio embarcado de fortalecerem os laços da sua comunidade.
The Sounds, Fiordland National Park, Nova Zelândia
Voos Panorâmicos
Fiordland, Nova Zelândia

Os Fiordes dos Antipodas

Um capricho geológico fez da região de Fiordland a mais crua e imponente da Nova Zelândia. Ano após anos, muitos milhares de visitantes veneram o sub-domínio retalhado entre Te Anau e Milford Sound.
EN FR PT ES