Islândia


PN Thingvelir, Islândia

Nas Origens da Remota Democracia Viking

As fundações do governo popular que nos vêm à mente são as helénicas. Mas aquele que se crê ter sido o primeiro parlamento do mundo foi inaugurado em pleno século X, no interior enregelado da Islândia.

Islândia

O Aconchego Geotérmico da Ilha do Gelo

A maior parte dos visitantes valoriza os cenários vulcânicos da Islândia pela sua beleza. Os islandeses também deles retiram calor e energia cruciais para a vida que levam às portas do Árctico.

Lagoa de Jok​ülsárlón, Islândia
O Canto e o Gelo
Criada pela água do oceano Árctico e pelo degelo do maior glaciar da Europa, Jokülsárlón forma um domínio frígido e imponente. Os islandeses reverenciam-na e prestam-lhe surpreendentes homenagens.

Islândia

Ilha de Fogo, Gelo e Quedas d’água

A catarata suprema da Europa precipita-se na Islândia. Mas não é a única. Nesta ilha boreal, com chuva ou neve constantes e em plena batalha entre vulcões e glaciares, despenham-se torrentes sem fim.

Husavik a Myvatn, Islândia
Neve sem Fim na Ilha do Fogo
Quando, a meio de Maio, a Islândia já conta com o aconchego do sol mas o frio mas o frio e a neve perduram, os habitantes cedem a uma fascinante ansiedade estival.

Seydisfjordur, Islândia

Da Arte da Pesca à Pesca da Arte

Quando a frota pesqueira de Seydisfjordur foi comprada por armadores de Reiquejavique, a povoação teve que se adaptar. Hoje captura discípulos de Dieter Roth e outras almas boémias e criativas.

No rumo da Democracia

PN Thingvelir, Islândia

Nas Origens da Remota Democracia Viking

As fundações do governo popular que nos vêm à mente são as helénicas. Mas aquele que se crê ter sido o primeiro parlamento do mundo foi inaugurado em pleno século X, no interior enregelado da Islândia.

Praia Islandesa

Islândia

O Aconchego Geotérmico da Ilha do Gelo

A maior parte dos visitantes valoriza os cenários vulcânicos da Islândia pela sua beleza. Os islandeses também deles retiram calor e energia cruciais para a vida que levam às portas do Árctico.

Lagoa de Jok​ülsárlón, Islândia

O Canto e o Gelo

Criada pela água do oceano Árctico e pelo degelo do maior glaciar da Europa, Jokülsárlón forma um domínio frígido e imponente. Os islandeses reverenciam-na e prestam-lhe surpreendentes homenagens.
Fuga de Seljalandsfoss

Islândia

Ilha de Fogo, Gelo e Quedas d’água

A catarata suprema da Europa precipita-se na Islândia. Mas não é a única. Nesta ilha boreal, com chuva ou neve constantes e em plena batalha entre vulcões e glaciares, despenham-se torrentes sem fim.

Cavalos sob nevão, Islândia
Husavik a Myvatn, Islândia

Neve sem Fim na Ilha do Fogo

Quando, a meio de Maio, a Islândia já conta com o aconchego do sol mas o frio mas o frio e a neve perduram, os habitantes cedem a uma fascinante ansiedade estival.
Seydisfjordur

Seydisfjordur, Islândia

Da Arte da Pesca à Pesca da Arte

Quando a frota pesqueira de Seydisfjordur foi comprada por armadores de Reiquejavique, a povoação teve que se adaptar. Hoje captura discípulos de Dieter Roth e outras almas boémias e criativas.

Mapa


Como ir


VISTOS E OUTROS PROCEDIMENTOS

Não é requerido visto aos cidadãos portugueses e brasileiros para estadias com fim turístico de até 90 dias. Só é necessária a apresentação de passaporte válido.

CUIDADOS DE SAÚDE

Nenhuma vacina digna de registo. Se visitar a Islândia fora do Verão ou planear explorar as terras mais altas da ilha, acima de tudo, verifique se está bem preparado para o frio intenso. 

Para mais informações sobre saúde em viagem, consulte o Portal da Saúde do Ministério da Saúde e Clínica de Medicina Tropical e do Viajante. Em FitForTravel encontra conselhos de saúde e prevenção de doenças específicas de cada país (em língua inglesa).

VIAGEM PARA A ISLÂNDIA

A TAP (tel.: 707 205 700) voa para diversos destinos europeus – Oslo, Manchester, Barcelona, Alicante, Copenhaga etc. –  de onde pode completar a viagem para Reiquejavique com voos da Icelandair, viagem completa a partir de 350€.

A não perder


  • Reiquejavique
  • Lagoa Azul
  • Akureyri
  • ​Lago Myvatn
  • Queda d´água Detifoss (mais poderosa da Europa)
  • Husavik (observação de baleias)
  • Seydisfjordur
  • Hofn
  • Vik
  • Lagoa de Jokulsárlón
  • Golden Circle: quedas d'água Gullfoss, Seljalandsfoss e Skógafoss; Geysir; Parque Nacional Thingvellir 

Explorar


VOOS INTERNOS

A ausência de uma rede ferroviária e de auto-estradas faz com que os voos e os ferries sejam a principal forma de deslocação para viajar entre os pontos mais distantes da ilha. A rota mais percorrida é Reiquejavique – Akureyri. 

ALUGUER DE VIATURA

Um carro ou veículo 4WD robusto garante-lhe as melhores condições para explorar convenientemente a Islândia. Dito isto, a má notícia é que os alugueres têm preços bastante elevados.

Em época alta, espere pagar, no mínimo dos mínimos, 80€ por dia para um pequeno utilitário, 140€ para o mais básico dos veículos 4WD e de 200€ para uma caravana.

Mesmo assim, se não reservar com a devida antecedência pode não conseguir alugar carro. Os preços acima incluem apenas o seguro mais básico e, tendo a Islândia a natureza rude que tem, é aconselhável proteger o carro um pouco melhor. Tenha noção que os rent-a-car islandeses são pouco misericordiosos quando se trata de reclamar pagamentos de danos não cobertos. E cobram segundo os padrões islandeses.

Como era também de esperar, o combustível é dispendioso, em média, 1,50€ por litro ou mais.

Outra informação importante é que as estradas secundárias islandesas – uma vez por outra também as principais – revelam-se, em qualquer momento, uma aventura à parte.

Fora do Verão, algumas surgem tão cobertas de gelo e neve que, malgrado as estacas coloridas nas beiras – quase se torna impossível perceber para onde seguem. Outros percalços são os muitos rebanhos de ovelhas, possíveis intempéries – incluindo degelo súbito de glaciares e erupção de vulcões –  e consequentes, desabamentos, alagamentos etc, etc. A maior parte das estradas de montanha permanecem encerradas até Junho, em certos anos, até por Junho adentro.

AUTOCARRO

Não vai querer fazer isso a si próprio. Descobrir a Islândia só podendo parar onde parar o autocarro vai deixá-lo destroçado. De qualquer maneira, se não tiver outra alternativa, compre a sua passagem em empresas como a Iceland Excursions, a Trex, a Sterna, ou a SBK. Tenha consciência que, na Islândia, as viagens de longa distância têm custos muito inflacionados. A estação central da Islândia é a BSI, na capital Reiquejavique.

BARCO

Aplicam-se apenas a excursões de avistamento de baleias ou percursos a ilhas ao largo da Islândia como são os casos de Flatley ou das ilhas Westman. 

Quando ir


Junho e Julho – o pino do Verão islandês – são considerados os meses de época alta, quando a meteorologia é mais favorável e a natureza estival da Islândia se exibe com toda a exuberância. Agosto, Setembro e Maio são os meses intermédios.

Se quiser viver a Islândia durante o Inverno, escolha Novembro ou Março quando as horas de luz já são mais consideráveis. Lembre-se que, apesar de várias das atracções poderem estar inacessíveis, será recompensado com um predomínio impressionante da neve e gelo e terá a ilha praticamente só para si, com nenhuma dificuldade em arranjar vagas em hotéis ou guest houses. 

Os melhores meses para apreciar auroras boreais são Setembro e Março, coincidindo com os equinócios.

Dinheiro e Custos


A moeda da Islândia é a Coroa Islandesa (ISK) que se desvalorizou bastante contra o Euro durante a crise financeira de 2008-2011 mas já recuperou substancialmente. Existem caixas ATM em todas as povoações e grande parte das estações de serviço fora das povoações. Está generalizado o pagamento com cartões de crédito.

ALOJAMENTO

Existe um grande número de hostels espalhados pela ilha, muitos pertencentes à Hostelling Internation Islândia que dão descontos aos afiliados. Em época alta, espere pagar um mínimo de 50€ por pessoa num quarto duplo com casa de banho privativa. A partir de 80€ por pessoa, num quarto duplo de um Bed & Breakfaste e de 100€ para cima em hotéis convencionais até várias centenas de euros por noite nos hotéis mais sofisticados da ilha.

ALIMENTAÇÃO

Em geral, a Islândia tem preços de inspiração escandinava que podem flutuar ligeiramente consoante a cotação da coroa islandesa.

Como referência, saiba que um simples hamburguer pode custar entre 5€ a 12€ enquanto que uma refeição completa num restaurante médio pode ficar entre os 25€ e os 100€.

INTERNET

Muitos hotéis, hostels e bares têm Wi-fi gratuito até nos lugares mais recônditos do país. Se fizer questão de ter sempre acesso, enquanto viaja em redor da ilha, vai ter que comprar um cartão SIM para uso num smartphone desbloqueado ou numa pen.