Como ir


VISTOS E OUTROS PROCEDIMENTOS

É requerido passaporte válido para seis meses e o visto pode ser obtido à chegada ao Quénia. Custa cerca de 50€. Se pagar em dólares americanos será melhor ter notas pouco antigas, de preferência posteriores a 2006.

CUIDADOS DE SAÚDE E SEGURANÇA

É necessária vacina da febre amarela para passageiros oriundos de países com risco de contágio ou que tenham passado por esses países ou seus aeroporto durante mais de 12 horas.

Também se aconselha a prevenção da malária.  Recomenda-se ainda a vacina do tifo, da hepatite A, difteria, tétano, poliomielite e febre tifóide. Antes de partir, deve contactar a Clínica de Medicina Tropical e do Viajante, Av. da Liberdade, 129, 7.º dto, tel. +351 21 322 5622.

Para mais informações sobre saúde em viagem, consulte o Portal da Saúde do Ministério da Saúde e Clínica de Medicina Tropical e do Viajante. Conselhos de saúde e prevenção de doenças específicas para o Quénia também em FitForTravel (em inglês).

Segurança

O norte e nordeste junto à fronteira com a Somália e até com a Etiópia e várias zonas da costa – especialmente do norte – são considerados pouco seguros devido à ameaça de ataques de fundamentalistas islâmicos, com destaque para o grupo El Shabab. Mais informações no Portal das Comunidades Portuguesas.

VIAGEM PARA O QUÉNIA

Pela distância e localização, o Quénia é um destino que o obrigará sempre a voar com duas ou até mais escalas e a pagar um preço avultado pelo voo de ida-e-volta, por norma, um mínimo de 900€.

PT EN ES FR DE IT