Dinheiro e Custos


A moeda de Malta é o Euro (EUR). São abundantes as caixas ATM, principalmente na capital La Valletta. Os pagamentos com cartões de crédito são comuns nos estabelecimentos mais sofisticados. Malta tem um custo de vida semelhante ao português mas que é grandemente inflacionado pela invasão de turistas durante os meses de época alta.

ALOJAMENTO

Nas povoações históricas o alojamento dispersa-se por edifícios antigos encantadores. Fora destas povoações, principalmente em novas estâncias balneares com infraestruturas recentes, casos de St Julian’s, Buġibba e Mellieħa. Em Malta, vai encontrar um pouco de tudo, desde quartos espartanos de guest houses aos hotéis-palacete-boutique mais requintados do Mediterrâneo.

Quanto aos preços, oscilam imenso consoante se é época alta ou baixa. Vão desde 30€ por noite (por exemplos em fim de Setembro) para quartos duplos de aparthotéis que procuram captar os últimos turistas do Verão, a 200€ ou 300€, para uma noite num dos hotéis mais conceituados da ilha. 

ALIMENTAÇÃO

Tal como o alojamento, tem preços que são grandemente influenciados por se se está em época alta ou baixa. Durante a alta, uma refeição num dos restaurantes-esplanada mais populares de La Valletta pode perfeitamente ficar por mais de 40€ por pessoa. Se entrar num local frequentado apenas por moradores vai provavelmente conseguir almoçar ou jantar por 10€. 

INTERNET

La Valletta está dotada de várias zonas Wi-fi e também de cafés com sinal aberto. Ainda assim, existem Internet Cafés com velocidades que chegam aos 30Mbps. Espere pagar cerca de 1€ a 2€ por hora de navegação num Internet Café. 

Em alternativa, compre um cartão SIM Vodafone, Go ou Melita para uso em smart phones, tablets ou em pens (sticks USB) ligadas a computador portátil para ter acesso em Internet por todo o arquipélago.

PT EN ES FR DE IT