Colónia Pellegrini, Argentina

Quando a Carne é Fraca


Gado

Vacas aglomeradas num curral da estância Swiss Agro, em Colónia Pellegrini.

Azar automóvel

Carrinha do veterinário fica presa numa ponte a caminho da estância Swiss Agro.

Espanta-Gado

Gauchos incitam vacas para que avancem no corredor do estábulo.

Manada

Gado observa a acção dos gauchos da estância Swiss Agro.

Vacinas

Veterinário inspecciona as vacinas que mantém o mais frescas possível.

Perseguição

Gauchos da estância Swiss Agro perseguem uma vaca tresmalhada.

S.O.S.

Veterinário fala ao telefone para tentar solucionar a sua carrinha presa na ponte.

Gaucho Pablo e Perrito

Gaucho Pablo segura um cachorro.

De passagem

Gauchos atravessam uma das portas do estábulo em que trabalham.

Vacinação

Veterinário injecta mais uma vacina contra a febre aftosa.

Encurraladas

Vacas avançam em direcção a um terminal do curral em que o veterinário ministra as vacinas.

É conhecido o sabor inconfundível da carne argentina. Mas esta riqueza é mais vulnerável do que se imagina. A ameaça da febre aftosa, em particular, mantém as autoridades e os produtores sobre brasas.

Não há viagem pela América do Sul em que o procedimento não se repita e a Argentina, um dos maiores produtores de carne do mundo, tem aversão às excepções. “Buenos dias. Avanzen despacito para acá, por favor”, diz-nos com uma arrogância protocolar o oficial de serviço. Entramos no país das pampas vindos do Brasil, pela Ponte Internacional Tancredo Neves e, na fronteira, as autoridades da SENASA (Secretaria Nacional de Sanidad Agropecuária) obrigam-nos – como a quem quer que entre no país – a passar com os pneus do carro sobre os seus sagrados pedilúvios, grandes esponjas ensopadas de um líquido esterilizador. Em seguida, temos ainda que sair e fazer o mesmo às solas do calçado.

O responsável por estes cuidados redobrados e pelas longas filas de trânsito que se vão formando é um Aphtovirus altamente infeccioso que, apesar de conhecido há mais de 2000 anos, continua a disseminar a temida febre aftosa. Esta doença pode contagiar manadas de vacas inteiras em três tempos e provoca enormes perdas nas economias dos países que não se protegeram o suficiente. Na América do Sul, as epidemias têm sido recorrentes e geram rixas políticas vergonhosas sempre que os países se culpam mutuamente.

A Argentina, em particular, tem provas dadas de conhecimento de causa. Mesmo que o nome não o traduza, foi Scholein Rivenson, um doutor veterinário argentino de Gualeguaychú, província Entre Rios, que desenvolveu a primeira vacina eficaz contra a doença.

Nas semanas que se seguem, descobrimos os cenários remotos do noroeste argentino e, já em Corrientes, a zona alagada dos Esteros del Iberá, uma enorme extensão de lagoas e pauis que concorre em tamanho e riqueza de ecossistema com o pantanal brasileiro. Ali, após a beleza da paisagem e a miríade de espécies selvagens – dos caimões e jacarés às anacondas e capivaras – acaba por nos fascinar a crueza visual e a vida sedada de Colónia Pellegrini, uma aldeia pobre e alienada pelo isolamento a que foi votada nas margens da Lagoa Iberá.

Colónia Pellegrini conta apenas com algumas habitações térreas (algures entre a vivenda e o trailer), e uma ou outra mercearia quase sem provisões. Mas além da lagoa que atrai turistas e biólogos de todo o mundo, está cercada por estancias criadoras de gado que dão emprego a centenas de gaúchos algo deslocados da vastidão pampenha que tem início algumas centenas de quilómetros para sul.

Os quarenta milhões de argentinos compõem uma das populações que mais carne vermelha consome à face da Terra, para o que muito contribuem as famosas parrilladas, realizadas a toda a hora, por todo o país. Mas são também uma das principais nações exportadoras do produto, razões de sobra para – após os controlos fronteiriços iniciais – as manadas de gado de La Quiaca (na fronteira com a Bolívia) a Ushuaia (cidade mais a sul do mundo, capital da Terra do Fogo) serem frequentemente submetidas a medidas de prevenção.  

Ficamos hospedados nas imediações de Colónia Pellegrini. Após repetidas incursões madrugadoras de barco na vastidão inundada, a dona da Pousada de La Laguna suspeita que nos agradaria uma mudança drástica de planos e pergunta-nos se queremos acompanhar uma vacinação de vacas. A experiência não é de todo exótica para quem, como nós, teve o privilégio de viver o interior de Portugal mas a atmosfera selvagem-rural daquela região retirada da Argentina e a possibilidade de convivermos com um grupo genuíno de gaúchos em pleno trabalho de campo provam-se privilégios irrecusáveis. Aceitamos, de imediato, e, na manhã seguinte, entramos na carrinha do capataz da pousada que nos leva em direcção à estancia Swiss Agro, onde é esperado o veterinário. Encontramo-lo mais cedo do que contávamos, a caminho da quinta e em apuros.

El Doctor ainda não encontrou explicação para o fenómeno mas parece ser sempre assim: quanto mais tenta fazer render o tempo, pior lhe correm os dias. Faltavam-lhe quatro visitas até ao pôr-do-sol quando a tábua de uma das várias pequenas pontes que tinha que atravessar pelo caminho cedeu deixando-lhe a pick up presa ao estrado e as vacinas em risco de sobreaquecimento. O acidente faz parar quem passa mas, apesar de sucessivas tentativas solidárias de libertação do veículo, só um tractor ferrugento trazido mais tarde do pueblo resolve a encrenca.

Quando chega ao rancho, atrasado e irritado, o veterinário encontra tudo a postos para dar início à vacinação e o humor dos gaúchos residentes depressa lhe devolve a boa disposição: “Calma doctor!! Asi los animales se ponen nerviosos!”.

Estamos a entrar no pico do Verão do hemisfério sul e fazem mais de quarenta graus. Como se não bastasse, as movimentações do gado levantam nuvens de pó que invadem os olhos e o nariz e se agarram ao suor. O desconforto faz parte do quotidiano destes cowboys da pampa que o tentam aliviar usando chapéus, cintos e chiripás (saiotes) típicos de couro combinados com camisas leves e claras e lenços azuis. As suas vidas são passadas a cavalo e debaixo do sol e da chuva mas, apesar de o procurarem disfarçar, acabam por nos confessar que, entre todas as tarefas, é com as repetitivas vacinações que mais embirram.

A esforço, agrupam e conduzem as vacas dos currais para um corredor que as aperta e imobiliza numa espécie de espartilho de madeira. Ali, a um ritmo maquinal, o veterinário espeta a enorme seringa em dorso atrás de dorso e renova as doses mantendo uma contagem precisa das cabeças de gado imunizadas. São seiscentas e vinte na Swiss Agro, e a tarefa dura duas horas. Segundo a sua estimativa, uma das estancias programadas terá que ficar para a manhã seguinte. Não é nada que não lhe aconteça com frequência mas, desta vez, o atraso impõe-lhe um árduo castigo. Em vez de regressar a Posadas, como planeado, terá que pernoitar na isolada Colónia Pellegrini.

Apesar dos contratempos, a tarefa e o dever estão cumpridos e os gaúchos recuperam da correria enquanto a poeira levantada pelos animais assenta. Um deles, o sempre sorridente Pablo, descontrai a brincar com um cachorro da estancia sob o olhar indiferente dos companheiros.

El Doctor sai de cena com pompa e circunstância, enaltecendo as virtudes do seu trabalho. “Muy bién. Estas ya quedaran protegidas”. No se si saben, pêro solo en el Reino Unido, en 2001, la fiebre aftosa ha matado más de 6.000.000 de animales. Han perdido quasi 18 mil milliones de dólares. Imaginense eso acá en Argentina…”

Esteros del Iberá, Argentina

O Pantanal das Pampas

No mapa mundo, para sul do famoso pantanal brasileiro, surge uma região alagada pouco conhecida mas quase tão vasta e rica em biodiversidade. A expressão guarani Y berá define-a como “águas brilhantes”. O adjectivo ajusta-se a mais que à sua forte luminância.

El Calafate, Argentina

Os Novos Gaúchos da Patagónia

Em redor de El Calafate, em vez dos habituais pastores a cavalo, cruzamo-nos com gaúchos criadores equestres e com outros que exibem para gáudio dos visitantes, a vida tradicional das pampas douradas.

Salta e Jujuy, Argentina

Nas Terras Altas da Argentina Profunda

Um périplo pelas províncias de Salta e Jujuy leva-nos a desvendar um país sem sinal de pampas. Sumidos na vastidão andina, estes confins do Noroeste da Argentina também se perderam no tempo.

Viti Levu, Fiji

Velhos Passatempos de Fiji: Canibalismo e Cabelo

Durante 2500 anos, a antropofagia fez parte do quotidiano de Fiji. Nos séculos mais recentes, a prática foi adornada por um fascinante culto capilar. Por sorte, só subsistem vestígios da última moda.

Ilha do Marajó, Brasil

A Ilha dos Búfalos

Uma embarcação que transportava búfalos da Índia terá naufragado na foz do rio Amazonas. Hoje, a ilha de Marajó que os acolheu tem a maior manada bubalina e o Brasil já não passa sem estes bovídeos.

Misiones, Argentina

Missões Impossíveis

No séc. XVIII, os jesuítas expandiam um domínio religioso no coração da América do Sul em que convertiam os indígenas guarani. Mas as Coroas Ibéricas arruinaram a utopia tropical da Companhia de Jesus

Sem corrimão
Arquitectura & Design

Brasília, Brasil

Da Utopia à Euforia

Desde os tempos do Marquês de Pombal que se falava da transferência da capital para o interior. Hoje, a cidade quimera continua a parecer surreal mas dita as regras do desenvolvimento brasileiro.

Aventura
Circuito Annapurna: 5º- Ngawal-Braga, Nepal

Rumo a Braga. A Nepalesa.

Passamos nova manhã de meteorologia gloriosa à descoberta de Ngawal. Segue-se um curto trajecto na direcção de Manang, a principal povoação no caminho para o zénite do circuito Annapurna. Ficamo-nos por Braga (Braka). A aldeola não tardaria a provar-se uma das suas mais inolvidáveis escalas.
Cerimónias e Festividades
Pueblos del Sur, Venezuela

Os Pauliteiros de Mérida e Cia

A partir do início do século XVII, com os colonos hispânicos e, mais recentemente, com os emigrantes portugueses consolidaram-se nos Pueblos del Sur, costumes e tradições bem conhecidas na Península Ibérica e, em particular, no norte de Portugal.
Emma
Cidades

Melbourne, Austrália

Austrália “Asienada”

Capital cultural aussie, Melbourne também é frequentemente eleita a cidade com melhor qualidade de vida do Mundo. Quase um milhão de emigrantes orientais aproveitaram este acolhimento imaculado.

Vendedores de Tsukiji
Comida

Tóquio, Japão

No Reino do Sashimi

Num ano apenas, cada japonês come mais que o seu peso em peixe e marisco. Uma parte considerável é processada e vendida por 65 mil habitantes de Tóquio no maior mercado piscícola do mundo.

Debate ao molho
Cultura

Lhasa, Tibete

O Mosteiro da Sagrada Discussão

Em poucos lugares do mundo se usa um dialecto com tanta veemência como no mosteiro de Sera. Ali, centenas de monges travam, em tibetano, debates intensos e estridentes sobre os ensinamentos de Buda.

Sol nascente nos olhos
Desporto

Busselton, Austrália

2000 metros em Estilo Aussie

Em 1853, Busselton foi dotada de um dos pontões então mais longos do Mundo. Quando a estrutura decaiu, os moradores decidiram dar a volta ao problema. Desde 1996 que o fazem, todos os anos, a nadar.

Convés multifuncional
Em Viagem

Puerto Natales-Puerto Montt, Chile

Cruzeiro num Cargueiro

Após longa pedinchice de mochileiros, a companhia chilena NAVIMAG decidiu admiti-los a bordo. Desde então, muitos viajantes exploraram os canais da Patagónia, lado a lado com contentores e gado.

Tribal
Étnico

Albuquerque, E.U.A.

Soam os Tambores, Resistem os Índios

Com mais de 500 tribos presentes, o "Gathering of the Nations" celebra o que de sagrado subsiste das culturas nativo-americanas. Mas também revela os danos infligidos pela civilização colonizadora.

Luminosidade caprichosa no Grand Canyon
Fotografia
Luz Natural (Parte 1)

E Fez-se Luz na Terra. Saiba usá-la.

O tema da luz na fotografia é inesgotável. Neste artigo, transmitimos-lhe algumas noções basilares sobre o seu comportamento, para começar, apenas e só face à geolocalização, a altura do dia e do ano.
Estante Sagrada
História

Tsfat, Israel

Quando a Cabala é Vítima de Si Mesma

Nos anos 50, Tsfat congregava a vida artística da jovem nação israelita e recuperava a sua mística secular. Mas convertidos famosos como Madonna vieram perturbar a mais elementar discrição cabalista.

Pesca no Paraíso
Ilhas

Ouvéa, Nova Caledónia

Entre a Lealdade e a Liberdade

A Nova Caledónia sempre questionou a integração na longínqua França. Em Ouvéa, encontramos uma história de resistência mas também nativos que preferem a cidadania e os privilégios francófonos.

Tempo de aurora
Inverno Branco

Lapónia Finlandesa

Em Busca da Raposa de Fogo

São exclusivas dos píncaros da Terra as auroras boreais ou austrais, fenómenos de luz gerados por explosões solares. Os nativos Sami da Lapónia acreditavam tratar-se de uma raposa ardente que espalhava brilhos no céu. Sejam o que forem, nem os quase 30º abaixo de zero que se faziam sentir no extremo norte da Finlândia nos demoveram de as admirar.

Litoral de Upolu
Literatura

Upolu, Samoa Ocidental

A Ilha do Tesouro de Stevenson

Aos 30 anos, o escritor escocês começou a procurar um lugar que o salvasse do seu corpo amaldiçoado.Em Upolu e nos samoanos, encontrou um refúgio acolhedor a que entregou a sua vida de alma e coração

Antes da chuva
Natureza

Camiguin, Filipinas

Uma Ilha de Fogo Rendida à Água

Com mais de vinte cones acima dos 100 metros, a abrupta e luxuriante, Camiguin tem a maior concentração de vulcões que qualquer outra das 7641 ilhas filipinas ou do planeta. Mas, nos últimos tempos, nem o facto de um destes vulcões estar activo tem perturbado a paz da sua vida rural, piscatória e, para gáudio dos forasteiros, fortemente balnear.

Filhos da Mãe-Arménia
Outono
Erevan, Arménia

Uma Capital entre o Leste e o Ocidente

Herdeira da civilização soviética, alinhada com a grande Rússia, a Arménia deixa-se seduzir pelos modos mais democráticos e sofisticados da Europa Ocidental. Nos últimos tempos, os dois mundos têm colidido nas ruas da sua capital. Da disputa popular e política, Erevan ditará o novo rumo da nação.
Budismo majestoso
Parques Naturais
Circuito Anapurna: 4º – Upper Pisang a Ngawal, Nepal

Do Pesadelo ao Deslumbre

Sem que estivéssemos avisados, confrontamo-nos com uma subida que nos leva ao desespero. Puxamos ao máximo pelas forças e alcançamos Ghyaru onde nos sentimos mais próximos que nunca das Anapurnas. O resto do caminho para Ngawal soube como uma espécie de extensão da recompensa.
Um matrimónio espacial
Património Mundial Unesco

Samarcanda, Usbequistão

O Sultão Astrónomo

Neto de um dos grandes conquistadores da Ásia Central, Ulugh Beg preferiu as ciências. Em 1428, construiu um observatório espacial em Samarcanda. Os seus estudos dos astros levaram-lhe o nome a uma cratera da Lua. 

De visita
Personagens

Rússia

O Escritor que Não Resistiu ao Próprio Enredo

Alexander Pushkin é louvado por muitos como o maior poeta russo e o fundador da literatura russa moderna. Mas Pushkin também ditou um epílogo quase tragicómico da sua prolífica vida.

Desembarque Tardio
Praia

Arquipélago Bacuit, Filipinas

A Última Fronteira Filipina

Um dos cenários marítimos mais fascinantes do Mundo, a vastidão de ilhéus escarpados de Bacuit esconde recifes de coral garridos, pequenas praias e lagoas idílicas. Para a descobrir, basta uma bangka.

Religião
Lhasa, Tibete

Quando o Budismo se Cansa da Meditação

Nem só com silêncio e retiro espiritual se procura o Nirvana. No Mosteiro de Sera, os jovens monges aperfeiçoam o seu saber budista com acesos confrontos dialécticos e bateres de palmas crepitantes.
Sobre carris
Sobre Carris

Sempre Na Linha

Nenhuma forma de viajar é tão repetitiva e enriquecedora como seguir sobre carris. Suba a bordo destas carruagens e composições díspares e aprecie cenários imperdíveis dos quatro cantos do mundo.
Aos repelões
Sociedade

Perth, Austrália

Cowboys da Oceania

O Texas até fica do outro lado do mundo mas não faltam vaqueiros no país dos coalas e dos cangurus. Rodeos do Outback recriam a versão original e 8 segundos não duram menos no Faroeste australiano.

Vida Quotidiana
Enxame, Moçambique

Área de Serviço à Moda Moçambicana

Repete-se em quase todas as paragens em povoações de Moçambique dignas de aparecer nos mapas. O machimbombo (autocarro) detém-se e é cercado por uma multidão de empresários ansiosos. Os produtos oferecidos podem ser universais como água ou bolachas ou típicos da zona. Nesta região a uns quilómetros de Nampula, as vendas de fruta eram sucediam-se, sempre bastante intensas.
Curiosidade ursa
Vida Selvagem

Katmai, Alasca

Nos Passos do Grizzly Man

Timothy Treadwell conviveu Verões a fio com os ursos de Katmai. Em viagem pelo Alasca, seguimos alguns dos seus trilhos mas, ao contrário do protector tresloucado da espécie, nunca fomos longe demais.

Radical 24h por dia
Voos Panorâmicos

Queenstown, Nova Zelândia

Digna de uma Raínha

No séc. XVIII, o governo kiwi proclamou uma vila mineira da ilha do Sul "fit for a Queen". Hoje, os cenários e as actividades extremas reforçam o estatuto majestoso da sempre desafiante Queenstown.