Argentina


Esteros del Iberá, Argentina
O Pantanal das Pampas
No mapa mundo, para sul do famoso pantanal brasileiro, surge uma região alagada pouco conhecida mas quase tão vasta e rica em biodiversidade. A expressão guarani Y berá define-a como “águas brilhantes”. O adjectivo ajusta-se a mais que à sua forte luminância.

El Calafate, Argentina

Os Novos Gaúchos da Patagónia

Em redor de El Calafate, em vez dos habituais pastores a cavalo, cruzamo-nos com gaúchos criadores equestres e com outros que exibem para gáudio dos visitantes, a vida tradicional das pampas douradas.

Salta e Jujuy, Argentina

Nas Terras Altas da Argentina Profunda

Um périplo pelas províncias de Salta e Jujuy leva-nos a desvendar um país sem sinal de pampas. Sumidos na vastidão andina, estes confins do Noroeste da Argentina também se perderam no tempo.

Mendoza, Argentina

A Eno-Província Argentina

Os missionários espanhóis perceberam, no século XVI, que a zona estava talhada para a produção do “sangue de Cristo”. Hoje, Mendoza está no centro da maior região vinícola da América Latina.

Ushuaia, Argentina
A Última das Cidades
A capital da Terra do Fogo marca o limiar austral da civilização. De Ushuaia partem inúmeras incursões ao continente gelado. Nenhuma destas aventuras de toca e foge se compara à da vida na cidade final.

Canal Beagle, Argentina

No Rumo da Evolução

Em 1833, Charles Darwin navegou a bordo do "Beagle" pelos canais da Terra do Fogo. A sua passagem por estes confins meridionais moldou a teoria revolucionária que formulou da Terra e das suas espécies

Ushuaia, Argentina
O Derradeiro Comboio Austral
Até 1947, o Tren del Fin del Mundo fez incontáveis viagens para que os condenados do presídio de Ushuaia cortassem lenha. Hoje, os passageiros são outros mas nenhuma outra composição passa mais a Sul.

Misiones, Argentina

Missões Impossíveis

No séc. XVIII, os jesuítas expandiam um domínio religioso no coração da América do Sul em que convertiam os indígenas guarani. Mas as Coroas Ibéricas arruinaram a utopia tropical da Companhia de Jesus

Perito Moreno, Argentina

O Glaciar Que Não se Rende

O aquecimento é supostamente global mas não chega a todo o lado. Na Patagónia, alguns rios de gelo resistem.De tempos a tempos, o avanço do Perito Moreno provoca derrocadas que fazem parar a Argentina

Cataratas Iguaçu, Brasil/Argentina

O Grande Splash

Após um longo percurso tropical, o rio Iguaçu dá o mergulho dos mergulhos. Ali, na fronteira entre o Brasil e a Argentina, formam-se as cataratas maiores e mais impressionantes à face da Terra.

El Chalten, Argentina

Um Apelo de Granito

Duas montanhas de pedra geraram uma disputa fronteiriça entre a Argentina e o Chile.Mas estes países não são os únicos pretendentes.Há muito que os cerros Fitz Roy e Torre atraem alpinistas obstinados

Patrulha réptil
Esteros del Iberá, Argentina

O Pantanal das Pampas

No mapa mundo, para sul do famoso pantanal brasileiro, surge uma região alagada pouco conhecida mas quase tão vasta e rica em biodiversidade. A expressão guarani Y berá define-a como “águas brilhantes”. O adjectivo ajusta-se a mais que à sua forte luminância.
Cavalgada em tons de Dourado

El Calafate, Argentina

Os Novos Gaúchos da Patagónia

Em redor de El Calafate, em vez dos habituais pastores a cavalo, cruzamo-nos com gaúchos criadores equestres e com outros que exibem para gáudio dos visitantes, a vida tradicional das pampas douradas.

Sal Muito Grosso

Salta e Jujuy, Argentina

Nas Terras Altas da Argentina Profunda

Um périplo pelas províncias de Salta e Jujuy leva-nos a desvendar um país sem sinal de pampas. Sumidos na vastidão andina, estes confins do Noroeste da Argentina também se perderam no tempo.

Mar-de-Parra

Mendoza, Argentina

A Eno-Província Argentina

Os missionários espanhóis perceberam, no século XVI, que a zona estava talhada para a produção do “sangue de Cristo”. Hoje, Mendoza está no centro da maior região vinícola da América Latina.

Ushuaia, Argentina
Ushuaia, Argentina

A Última das Cidades

A capital da Terra do Fogo marca o limiar austral da civilização. De Ushuaia partem inúmeras incursões ao continente gelado. Nenhuma destas aventuras de toca e foge se compara à da vida na cidade final.
Bark Europa

Canal Beagle, Argentina

No Rumo da Evolução

Em 1833, Charles Darwin navegou a bordo do "Beagle" pelos canais da Terra do Fogo. A sua passagem por estes confins meridionais moldou a teoria revolucionária que formulou da Terra e das suas espécies

Mapa


Como ir


VISTOS E OUTROS PROCEDIMENTOS

Os cidadãos portugueses e brasileiros não necessitam de visto para visitas turísticas inferiores a 90 dias.

CUIDADOS DE SAÚDE

A Argentina não requer qualquer vacina para conceder a entrada no país excepto de febre amarela e cólera se vier de um país com risco de contágio destas doenças. Existe um risco ínfimo de contracção de malária nas áreas rurais junto à fronteira com a Bolívia (terras baixas da província de Salta), junto à fronteira do Paraguai (terras baixas de Chaco e Misiones) e em redor das cataratas de Iguaçu.

Não ascenda às terras mais elevadas da cordilheira andina de forma brusca – viagem gradual no mínimo de 1 ou 2 dias – por forma a evitar o mal de altitude.

VIAGEM PARA A ARGENTINA

A Air Europa (Tel.: 808 261 261) e a Ibéria voam para Buenos Aires via Madrid, por a partir de 700€ os voos da Air Europa, por norma os da Ibéria são substancialmente mais caros. Outras companhias como a Air France e a Lufthansa operam voos concorrentes mas, por norma, obrigam a maior perda de tempo devido às escalas em cidades mais distantes – e no sentido contrário da Terra – em Paris ou Frankfurt. 

A não perder


  • Buenos Aires
  • Parque Nacional Iguazu
  • ​​Províncias de Salta e Jujuy
  • ​Estéros del Iberá
  • ​Mendoza e Andes Mendocinos
  • Patagónia
  • Península Valdez
  • Glaciar Perito Moreno
  • ​Ushuaia

Explorar


VOOS INTERNOS

Os voos da companhia Aerolíneas Argentinas cobrem a maior parte do país a preços que poderiam ser bem mais em conta não fosse a empresa ter passado a cobrá-los em dólares americanos.

ALUGUER DE VIATURA

No caso de querer explorar muito mais que Buenos Aires – o que obviamente aconselhamos – em alternativa ou complemento aos voos, alugue um veículo no aeroporto de Ezeiza, de preferência 4WD, ou noutra cidade mais próxima dos destinos argentinos que planeia visitar. O aluguer de uma viatura económica em Buenos Aires tem uma diária média de 25€. Uma viatura 4WD tem um preço diário mínimo de 50€. Com a questão do carro bem resolvida só tem que partir à descoberta.  

AUTOCARRO

A Argentina também é servida por uma rede ampla de autocarros de longo percurso com preços bastante acessíveis. Pode reservar as suas passagens em Ticket Online. As viagens de autocarro custam em volta de 1€ por hora de percurso, em assento comum, 2€ a 4€ em semi-cama.

OUTROS

Caso tenha bastante tempo disponível e espírito de sacrífico suficiente, deixe-se inspirar pelos “Diários de Motocicleta” de Che Guevara e atreva-se a descobrir a Argentina de moto ou até de bicicleta. Saiba, no entanto, à partida, que não existem ou são raras as agências que as aluguem, em  Buenos Aires e os motociclos são bastante caros na capital argentina. 

As estradas pouco movimentadas e emblemáticas da Patagónia conduzem-no a alguns dos cenários mais impressionantes à face da Terra.

Quando ir


A Argentina abrange uma vasta latitude do Hemisfério Sul. Se planeia visitar a zona para sul de Buenos Aires, evite o Inverno austral quando o frio se apodera do país de forma ainda mais intensa na Patagónia e nas zonas elevadas dos Andes. O ideal será descobri-lo no fim da Primavera ou fim do Verão austral quando as temperaturas são mais amenas e estáveis. Durante os meses de Verão – fim de Novembro a Fevereiro – as províncias a norte de Buenos Aires – e principalmente as do extremo norte – podem ter temperaturas máximas diurnas de 40 e muitos graus.

Dinheiro e Custos


A moeda local é o Peso Argentino (ARS). Levantamentos internacionais em Pesos são possíveis nas principais cidades assim como pagamentos com cartões de crédito.

ALOJAMENTO

Custa, na Argentina, entre os 10€ por noite em quartos duplos de guest houses de mochileiros – substancialmente mais em Buenos Aires – até a partir de 80€ nos hotéis e resorts mais conceituados do país.

REFEIÇÕES 

Uma refeição completa pode custar entre os 7€ num restaurante barato e os 100€ num restaurante mais sofisticado. Graças à recorrente desvalorização do peso argentino, o custo de uma boa parrilla – a carne argentina é considerada a melhor do mundo – acompanhada de vinho argentino de qualidade aceitável pode custar menos de 10€

INTERNET

Wifi é fácil de encontrar e frequentemente gratuita em hotéis, guest houses, bares e cafés das principais cidades. Cada vez mais, também nas pequenas povoações com atracções turísticas.