Argentina


Esteros del Iberá, Argentina
O Pantanal das Pampas
No mapa mundo, para sul do famoso pantanal brasileiro, surge uma região alagada pouco conhecida mas quase tão vasta e rica em biodiversidade. A expressão guarani Y berá define-a como “águas brilhantes”. O adjectivo ajusta-se a mais que à sua forte luminância.

El Calafate, Argentina

Os Novos Gaúchos da Patagónia

Em redor de El Calafate, em vez dos habituais pastores a cavalo, cruzamo-nos com gaúchos criadores equestres e com outros que exibem para gáudio dos visitantes, a vida tradicional das pampas douradas.

Salta e Jujuy, Argentina

Nas Terras Altas da Argentina Profunda

Um périplo pelas províncias de Salta e Jujuy leva-nos a desvendar um país sem sinal de pampas. Sumidos na vastidão andina, estes confins do Noroeste da Argentina também se perderam no tempo.

Mendoza, Argentina

A Eno-Província Argentina

Os missionários espanhóis perceberam, no século XVI, que a zona estava talhada para a produção do “sangue de Cristo”. Hoje, Mendoza está no centro da maior região vinícola da América Latina.

Ushuaia, Argentina

A Última das Cidades

A capital da Terra do Fogo marca o limiar austral da civilização. Dali partem inúmeras incursões ao continente gelado. Nenhuma destas aventuras de toca e foge se compara à da vida na cidade final.

Canal Beagle, Argentina

No Rumo da Evolução

Em 1833, Charles Darwin navegou a bordo do "Beagle" pelos canais da Terra do Fogo. A sua passagem por estes confins meridionais moldou a teoria revolucionária que formulou da Terra e das suas espécies

Ushuaia, Argentina

O Derradeiro Comboio Austral

Até 1947, o Tren del Fin del Mundo fez incontáveis viagens para que os condenados do presídio de Ushuaia cortassem lenha. Hoje, os passageiros são outros mas nenhuma outra composição passa mais a Sul

Misiones, Argentina

Missões Impossíveis

No séc. XVIII, os jesuítas expandiam um domínio religioso no coração da América do Sul em que convertiam os indígenas guarani. Mas as Coroas Ibéricas arruinaram a utopia tropical da Companhia de Jesus

Perito Moreno, Argentina

O Glaciar Que Não se Rende

O aquecimento é supostamente global mas não chega a todo o lado. Na Patagónia, alguns rios de gelo resistem.De tempos a tempos, o avanço do Perito Moreno provoca derrocadas que fazem parar a Argentina

Cataratas Iguaçu, Brasil/Argentina

O Grande Splash

Após um longo percurso tropical, o rio Iguaçu dá o mergulho dos mergulhos. Ali, na fronteira entre o Brasil e a Argentina, formam-se as cataratas maiores e mais impressionantes à face da Terra.

El Chalten, Argentina

Um Apelo de Granito

Duas montanhas de pedra geraram uma disputa fronteiriça entre a Argentina e o Chile.Mas estes países não são os únicos pretendentes.Há muito que os cerros Fitz Roy e Torre atraem alpinistas obstinados

Colónia Pellegrini, Argentina

Quando a Carne é Fraca

É conhecido o sabor inconfundível da carne argentina. Mas esta riqueza é mais vulnerável do que se imagina. A ameaça da febre aftosa, em particular, mantém as autoridades e os produtores sobre brasas.

Mendoza, Argentina

De Um Lado ao Outro dos Andes

Saída da Mendoza cidade, a ruta N7 perde-se em vinhedos, eleva-se ao sopé do Monte Aconcágua e cruza os Andes até ao Chile. Poucos trechos transfronteiriços revelam a imponência desta ascensão forçada

Patrulha réptil
Esteros del Iberá, Argentina

O Pantanal das Pampas

No mapa mundo, para sul do famoso pantanal brasileiro, surge uma região alagada pouco conhecida mas quase tão vasta e rica em biodiversidade. A expressão guarani Y berá define-a como “águas brilhantes”. O adjectivo ajusta-se a mais que à sua forte luminância.
Cavalgada em tons de Dourado

El Calafate, Argentina

Os Novos Gaúchos da Patagónia

Em redor de El Calafate, em vez dos habituais pastores a cavalo, cruzamo-nos com gaúchos criadores equestres e com outros que exibem para gáudio dos visitantes, a vida tradicional das pampas douradas.

Sal Muito Grosso

Salta e Jujuy, Argentina

Nas Terras Altas da Argentina Profunda

Um périplo pelas províncias de Salta e Jujuy leva-nos a desvendar um país sem sinal de pampas. Sumidos na vastidão andina, estes confins do Noroeste da Argentina também se perderam no tempo.

Mar-de-Parra

Mendoza, Argentina

A Eno-Província Argentina

Os missionários espanhóis perceberam, no século XVI, que a zona estava talhada para a produção do “sangue de Cristo”. Hoje, Mendoza está no centro da maior região vinícola da América Latina.

Derradeiro casario austral

Ushuaia, Argentina

A Última das Cidades

A capital da Terra do Fogo marca o limiar austral da civilização. Dali partem inúmeras incursões ao continente gelado. Nenhuma destas aventuras de toca e foge se compara à da vida na cidade final.

Bark Europa

Canal Beagle, Argentina

No Rumo da Evolução

Em 1833, Charles Darwin navegou a bordo do "Beagle" pelos canais da Terra do Fogo. A sua passagem por estes confins meridionais moldou a teoria revolucionária que formulou da Terra e das suas espécies

Mapa


Como ir


VISTOS E OUTROS PROCEDIMENTOS

Os cidadãos portugueses e brasileiros não necessitam de visto para visitas turísticas inferiores a 90 dias.

CUIDADOS DE SAÚDE

A Argentina não requer qualquer vacina para conceder a entrada no país excepto de febre amarela e cólera se vier de um país com risco de contágio destas doenças. Existe um risco ínfimo de contracção de malária nas áreas rurais junto à fronteira com a Bolívia (terras baixas da província de Salta), junto à fronteira do Paraguai (terras baixas de Chaco e Misiones) e em redor das cataratas de Iguaçu.

Não ascenda às terras mais elevadas da cordilheira andina de forma brusca – viagem gradual no mínimo de 1 ou 2 dias – por forma a evitar o mal de altitude.

VIAGEM PARA A ARGENTINA

A Air Europa (Tel.: 808 261 261) e a Ibéria voam para Buenos Aires via Madrid, por a partir de 700€ os voos da Air Europa, por norma os da Ibéria são substancialmente mais caros. Outras companhias como a Air France e a Lufthansa operam voos concorrentes mas, por norma, obrigam a maior perda de tempo devido às escalas em cidades mais distantes – e no sentido contrário da Terra – em Paris ou Frankfurt. 

A não perder


  • Buenos Aires
  • Parque Nacional Iguazu
  • ​​Províncias de Salta e Jujuy
  • ​Estéros del Iberá
  • ​Mendoza e Andes Mendocinos
  • Patagónia
  • Península Valdez
  • Glaciar Perito Moreno
  • ​Ushuaia

Explorar


VOOS INTERNOS

Os voos da companhia Aerolíneas Argentinas cobrem a maior parte do país a preços que poderiam ser bem mais em conta não fosse a empresa ter passado a cobrá-los em dólares americanos.

ALUGUER DE VIATURA

No caso de querer explorar muito mais que Buenos Aires – o que obviamente aconselhamos – em alternativa ou complemento aos voos, alugue um veículo no aeroporto de Ezeiza, de preferência 4WD, ou noutra cidade mais próxima dos destinos argentinos que planeia visitar. O aluguer de uma viatura económica em Buenos Aires tem uma diária média de 25€. Uma viatura 4WD tem um preço diário mínimo de 50€. Com a questão do carro bem resolvida só tem que partir à descoberta.  

AUTOCARRO

A Argentina também é servida por uma rede ampla de autocarros de longo percurso com preços bastante acessíveis. Pode reservar as suas passagens em Ticket Online. As viagens de autocarro custam em volta de 1€ por hora de percurso, em assento comum, 2€ a 4€ em semi-cama.

OUTROS

Caso tenha bastante tempo disponível e espírito de sacrífico suficiente, deixe-se inspirar pelos “Diários de Motocicleta” de Che Guevara e atreva-se a descobrir a Argentina de moto ou até de bicicleta. Saiba, no entanto, à partida, que não existem ou são raras as agências que as aluguem, em  Buenos Aires e os motociclos são bastante caros na capital argentina. 

As estradas pouco movimentadas e emblemáticas da Patagónia conduzem-no a alguns dos cenários mais impressionantes à face da Terra.

Quando ir


A Argentina abrange uma vasta latitude do Hemisfério Sul. Se planeia visitar a zona para sul de Buenos Aires, evite o Inverno austral quando o frio se apodera do país de forma ainda mais intensa na Patagónia e nas zonas elevadas dos Andes. O ideal será descobri-lo no fim da Primavera ou fim do Verão austral quando as temperaturas são mais amenas e estáveis. Durante os meses de Verão – fim de Novembro a Fevereiro – as províncias a norte de Buenos Aires – e principalmente as do extremo norte – podem ter temperaturas máximas diurnas de 40 e muitos graus.

Dinheiro e Custos


A moeda local é o Peso Argentino (ARS). Levantamentos internacionais em Pesos são possíveis nas principais cidades assim como pagamentos com cartões de crédito.

ALOJAMENTO

Custa, na Argentina, entre os 10€ por noite em quartos duplos de guest houses de mochileiros – substancialmente mais em Buenos Aires – até a partir de 80€ nos hotéis e resorts mais conceituados do país.

REFEIÇÕES 

Uma refeição completa pode custar entre os 7€ num restaurante barato e os 100€ num restaurante mais sofisticado. Graças à recorrente desvalorização do peso argentino, o custo de uma boa parrilla – a carne argentina é considerada a melhor do mundo – acompanhada de vinho argentino de qualidade aceitável pode custar menos de 10€

INTERNET

Wifi é fácil de encontrar e frequentemente gratuita em hotéis, guest houses, bares e cafés das principais cidades. Cada vez mais, também nas pequenas povoações com atracções turísticas.